Fazendo a Diferença

Os tempos mudaram, os desafios que surgem hoje são diferentes dos enfrentados até então. Pressão por resultados positivos, exigência crescente de alto padrão de qualidade em atendimento, produtos e serviços, agilidade nas tomadas de decisão, expectativa de vida útil das pessoas aumentando, mudanças nas leis de aposentadoria e principalmente a velocidade da obsolescência da tecnologia e do conhecimento em todas as áreas, são alguns dos desafios encontrados nos dias atuais, entre outros...

A maneira mais eficaz de preparar-se para essa nova realidade é administrar as características pessoais, reavaliar conceitos e conscientizar-se de suas necessidades, desenvolvendo virtudes e competências individuais para lidar com o todo...

A empresa que perceber e souber aproveitar-se destas circunstâncias, oferecendo aos seus colaboradores a oportunidade de auto-desenvolvimento, fará a grande diferença no mercado, assim como o profissional empenhado em desenvolver seu potencial pessoal, pois tecnologia e conhecimento estão à disposição de todos. O que realmente faz a diferença é a atitude das pessoas diante das diversas situações do dia-a-dia, a qualificação pessoal.

domingo, 17 de janeiro de 2010

11. "A informação Mais Importante Sobre Uma Pessoa é Seu Comportamento."

Ana Beatriz Medeiros Brito

A informação mais importante sobre uma pessoa é o seu comportamento e não o que se pensa ou atribui a ela, isto pode ser fruto do mapa de realidade da pessoa que informa.
As Crenças, valores, percepções, filtros e identidade pessoal transparecem na linguagem, seja ela falada, escrita ou corporal e isso faz parte do que se chama de diferenças individuais.
Graças as diferenças individuais, cada indivíduo percebe e reage ao que acontece à sua volta de uma forma diferente. Por exemplo, se dez amigos participam de uma festa e depois se reunem para comentá-la, cada um cita acontecimentos ou detálhes diferentes porque aquele foi o que mais valorizou, o que achou mais importante, então foi aquele que mais lhe chamou a atenção e sobre o qual ele vai comentar.

Utilidade desta pressuposição no dia-a-dia:
Conhecendo esta pressuposição você pode minimizar o valor que atribuia ao que os outros falam sobre alguém ou sobre você mesmo, e observá-lo você mesmo, assim o risco de um julgamento indevido ou injusto fica reduzido.
Você pode estar ciente que a verdade sobre você não é apenas o que você fala conscientemente sobre você, mas, também, você a passa, inconscientemente, através de seus seus gestos e pela maneira como se comporta.

Nenhum comentário: